Conheça os 3 Tipos de Controle de Ponto

21/03/2017

O controle de ponto é uma questão que gera muitas dúvidas nas empresas, principalmente porque a legislação determina a obrigatoriedade de estabelecer um controle de ponto a partir de 10 colaboradores, mas não estabelece como isso deve ser feito. E é nesse momento que surge a dúvida: entre tantas soluções possíveis, qual a melhor para a SUA empresa?

Conheça agora alguns tipos de controle de ponto, descubra como funcionam e quais suas vantagens:

1- Livro ponto

Formato mais antigo, o livro ponto nada mais é do que um caderno de controle, que identifica o colaborador, os dias do mês e turnos de entrada e saída. Cabendo ao funcionário  preencher manualmente o horário de entrada e saída diariamente, além de assiná-lo no final do mês.

A grande desvantagem deste formato é que o funcionário pode preencher o horário diferente do que realmente realizou, ou ainda aderir a famosa pontualidade britânica, assinando sempre o mesmo horário, o que torna esse tipo de controle facilmente questionável perante a justiça do trabalho.

2- Relógio Ponto Cartográfico

Mais tradicional entre os tipos de controle, o equipamento de ponto mecânico funciona da seguinte forma:  o funcionário insere um cartão ponto de papelão no aparelho de controle, e ali tem seu horário registrado. Cada cartão ponto é composto pelos dias do mês, com cada lado correspondendo a uma quinzena, e os turnos de entrada e saída.

É importante lembrar que mesmo que o Relógio Cartográfico já estabeleça uma certa disciplina aos funcionários, ele ainda possui a deficiência de permitir que facilmente um empregado registre o ponto pelo outro. Além do seu fechamento ser totalmente manual para cálculos e relatórios, já que não possui nenhum software de apoio.

3- Relógio Ponto Eletrônico

Sistema mais confiável e vantajoso para a empresa, o ponto eletrônico repassa toda informação que armazena para um software que permite facilmente a emissão de relatórios no final do mês, e ainda apresenta cálculos automáticos de horas.

Outra vantagem é a identificação biométrica, que evita a fraude de um colaborador registrar o ponto pelo outro.

Hoje temos uma geração mais moderna desta linha de relógio ponto, que são os Registradores Eletrônicos de Ponto HOMOLOGADOS pelo Ministério do Trabalho. Estes são utilizados por todas as empresas regidas pela CLT, uma vez  que ela  exige que o ponto, quando eletrônico, seja registrado neste tipo de equipamento.

Uma das principais características destes relógios é a emissão de um ticket (comprovante) para cada registro do funcionário. Ele também possui uma memória interna permanente de seus registro e uma saída USB, chamada FISCAL, que permite acessar todo o histórico dos dados armazenados no equipamento.

Outro benefício desse modelo de relógio ponto é que os equipamentos são  homologados pelo M.T.E e certificados pelo INMETRO, o que lhes confere  uma assinatura digital para cada comprovante e consequentemente, maior confiança para a empresa.

Também vale ressaltar  que o ponto eletrônico é integrado com o sistema de folha de pagamento, facilitando o cálculo dos valores e a adequação da empresa ao E-Social.

Estes são os tipos de controles de ponto que você pode utilizar, e a melhor escolha será aquele que mais se encaixar a  realidade e necessidades da sua empresa.

E você, ainda tem dúvidas sobre os tipos de controle de ponto? Entre em Contato com um de nossos consultores e nós teremos o maior prazer em atendê-lo através do telefone 51 3358.9494, ou pelo e mail:  comercial@kl-quartz.com.br.

 

Confira aqui 6 opções de Relógio Ponto https://www.kl-quartz.com.br/relogio-de-ponto 

 

 

5 motivos para implantar relógio ponto eletrônico

 

Conheça a diferença entre regimes estatutários e celetistas

 

Selo Inmetro nos relógios eletrônicos

 

Informações importantes sobre Relógio de Ponto

 

 

 

 

 


Kl-Quartz Relógio ponto portaria 1510 - relogio, eletrônico, digital, biométrico