A contribuição da fiscalização e da portaria 1510 para controle de horas extras

27/08/2016

Segundo publicado no site da ABREP ( Associação Brasileira das empresas Fabricantes de Equipamentos de Registro Eletrônico de Ponto) em referência ao SINAT (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho), com a Portaria 1.510/2009, a auditoria de controle de horas nas empresas ficou mais fiel e transparente. 

Como dito pelo próprio representante do SINAIT, o Novo Registrador Eletrônico de Ponto promove uma marcação justa do horário do funcionário, evitando fraudes e marcações indevidas. O principal problema a ser melhor detectado com este novo equipamento é referente as horas extras.

De um lado o novo registrador de ponto protege o funcionário, pois registra fielmente as horas trabalhadas além de sua jornada, permitindo que ele receba os valores devidos por seu trabalho, além de controlar para que a jornada não exceda o permitido por lei. Por outro lado a Lei também auxilia aos empregadores, uma vez que se torna mais transparente o controle com o comprovante, para que o colaborador acompanhe e comprove os registros feitos. 

 

Confira mais:

Controle de ponto

Sua empresa é prestadora de serviços?

5 motivos para implantar relógio ponto eletrônico

Conheça 3 tipos de controle de ponto


Empregos temporários sempre são ótimas alternativas

Informações importantes sobre relógio de ponto

 


Kl-Quartz Relógio ponto portaria 1510 - relogio, eletrônico, digital, biométrico