Trabalhador doméstico bate ponto?

mulher com luvas de borracha limpando mesa

24/09/2018

Em 2015, entrou em vigor a Lei Complementar 150, que trata sobre o trabalhador doméstico. Antes, quem trabalhava em residências não possuía registro de trabalho, e isso resultava na ausência de direitos do empregado e do empregador.
Com a vigência da Lei, ambos os lados passaram a ter direitos e deveres. Agora, o empregado doméstico deve entregar sua Carteira de Trabalho para o empregador no primeiro dia útil de atividades. O empregador deve fazer o registro em carteira do cargo, funções, data de admissão e salário do empregado até 24h após o início do contrato.

Registro de Ponto do empregado doméstico

O artigo 12 da LC 150/2015 trata sobre o controle de ponto do trabalhador: “é obrigatório o registro do horário de trabalho do empregado doméstico por qualquer meio manual, mecânico ou eletrônico, desde que idôneo”.
O empregador pode optar pela maneira como será feito o registro: ponto manual (folha de ponto), registro cartográfico (mecânico) e relógio de ponto digital (com cartão de aproximação, cartão com código de barras, senha pessoal ou identificação biométrica).

close de mãos limpando superfície
Como habitualmente as residência não possuem um número expressivo de empregados, o registro de ponto costuma ser feito através da folha de ponto. O empregador deve imprimir a folha e entregá-la ao empregado antes do primeiro dia útil do mês. A partir daí, é responsabilidade do empregado fazer as anotações de horários de entrada, saída e intervalos todos os dias.
Ao final do mês, com toda a folha preenchida, o empregado deve assiná-la e entregar ao empregador. Assim, o empregador realiza os cálculos para o pagamento do salário e emissão do contracheque do empregado. Na folha de ponto também são registradas as horas extras, se houver.

Todo empregado doméstico deve ser registrado?

Não, nem todo. É considerado empregado doméstico todo aquele que trabalha na residência pelo menos 3 dias por semana. Os empregados que se enquadrarem nesse critério devem ser registrados no Portal eSocial e o empregador deve enviar os dados para o Portal mensalmente.
Aqueles que trabalham menos de 3 dias por semana são considerados diaristas e não precisam ser registados como os demais empregados.


Kl-Quartz Relógio ponto portaria 1510 - relogio, eletrônico, digital, biométrico