CAGED: veja se sua empresa ainda precisa declarar

Leia nosso BLOG

31/07/2020

CAGED: veja se sua empresa ainda precisa declarar

CAGED: veja se sua empresa ainda precisa declarar

O CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) é um registro permanente das empresas, que mostra os profissionais que foram contratados e dispensados dentro do regime CLT.

O Programa de Seguro-Desemprego e outras iniciativas sociais utilizam esses dados para garantir os vínculos trabalhistas de quem solicita o auxílio. 

Outras funções do CAGED são fornecer dados para pesquisas, estudos, projetos e programas referentes ao mercado de trabalho. Também faz com que as tomadas de decisão para ações governamentais sejam mais assertivas. 

Em outubro de 2019, foi publicada a Portaria n°1.127, que estipulou novos procedimentos para declaração dos dados das empresas no CAGED pelo eSocial. 

A medida entrou em vigor em janeiro de 2020, mas algumas empresas estão com dúvidas se ainda precisam declarar o CAGED ou não. Esclareça tudo lendo esse texto!

Como a declaração do CAGED funciona agora?

O CAGED deixou de ser obrigatório apenas em janeiro de 2020. Isso quer dizer que a competência de dezembro de 2019, com vencimento em 7 de janeiro, ainda tem obrigatoriedade. 

Após essa data, as empresas que trabalham com eSocial não precisam mais passar esses dados para o Ministério da Economia. O órgão vai utilizar apenas uma base de trabalho para divulgar suas estatísticas. 

O cronograma do eSocial informou que empresas dos grupos 1, 2 e 3 não precisam mais enviar o CAGED desde o dia 1 de janeiro. 

Esses grupos representam:

  • Grupo 1: Entidades empresariais com faturamento anual em 2016 acima de R$78 milhões
  • Grupo 2: Entidades empresariais com faturamento anual em 2016 menor que R$78 milhões e não optantes do Simples Nacional 
  • Grupo 3: Optantes do Simples Nacional (ME e EPP), MEI, empregador pessoa física (exceto doméstico) e entidades sem fins lucrativos

Órgãos públicos e entidades internacionais, ou seja, grupos 4, 5 e 6, ainda não são obrigados a usar o eSocial, e por isso, ficaram de fora das mudanças do CAGED. 

Esses grupos representam:

  • Grupo 4: Entes públicos federais e organizações internacionais 
  • Grupo 5: Entes públicos estaduais e Distrito Federal 
  • Grupo 6: Entes públicos municipais, comissões polinacionais e consórcios públicos

E quem teve problemas no envio dos eventos? Ou em gerar a declaração para o CAGED?

Após o início das novas normas propostas pelo Ministério da Economia, algumas empresas relataram problemas nos envios de eventos para o eSocial. Por conta disso, muitas delas não conseguiram gerar a declaração para o CAGED. 

Se esse é o seu caso, A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho já enviou ou está enviando um comunicado. Nele, é solicitado que as empresas continuem enviando declarações de contratações e demissões de janeiro de 2020 no Portal do CAGED. Essa medida está sendo tomada até que os problemas do eSocial e do CAGED sejam resolvidos. 

Nesse comunicado, você vai encontrar um link com acesso para uma lista de precisam manter o envio do CAGED referente a janeiro de 2020. 

Caso a sua empresa ainda não tenha recebido o comunicado, você deve continuar mantendo as informações prestadas normalmente por meio do eSocial. 

Ainda tem dúvidas se a sua empresa precisa declarar o CAGED? Entre em contato com a KL Quartz e resolva os seus problemas!

 

 

Confiança atestada pelo mercado

Assistência Técnica Control ID

Assistência Técnica

Unica Assistência Técnica Total com tempo de resposta garantido de no máximo 72 horas.

Top of Mind

Top of Mind

Marca lembrada em pesquisa de mercado e qualidade relacionada ao segmento de relógio ponto.

Revenda Ouro Secullum

Suporte Certificado

Revenda Ouro Secullum com excelência no suporte ao Software de Gestão de Ponto e Acesso.

Kl-Quartz 35 anos Tradição em Qualidade

Tradição e qualidade

Mais de 100 mil relógios de ponto vendidos em 35 anos de história.